TEXTOS EM VERSO - POEMAS CONTADOS E IMPRESSOS

Minha namorada tem segredos/Tem nos olhos mil brinquedos/De magoar o meu
amor/Minha namorada muito amada/Não entende quase nada/

Nunca vem de madrugada/Procurar por onde estou

JUVENÍLIAS

POEMAS

3damadrugada

3damadrugada

a-descoberta-do-mundo

a-descoberta-do-mundo

a-chave-do-cofre

a-chave-do-cofre

3damadrugadaa

3damadrugadaa

a-crise

a-crise

a-duvida

a-duvida

a-indesejada

a-indesejada

a-crisee

a-crisee

a-mao-e-a-luva

a-mao-e-a-luva

a-indesejadaa

a-indesejadaa

a-indesejadaaa

a-indesejadaaa

a-mao-e-a-luvaa

a-mao-e-a-luvaa

a-posta-esta-formada

a-posta-esta-formada

a-mesa

a-mesa

amor-dôr-maior

amor-dôr-maior

apresentação-da-coisa

apresentação-da-coisa

apresentação-da-coisaa

apresentação-da-coisaa

balada-para-acordar-rosinha01-2

balada-para-acordar-rosinha01-2

balada-para-acordar-rosinha

balada-para-acordar-rosinha

balada-para-acordar-rosinha04

balada-para-acordar-rosinha04

balada-para-acordar-rosinha02-1

balada-para-acordar-rosinha02-1

canto-funebre-a-etapa-primeira

canto-funebre-a-etapa-primeira

balada-para-acordar-rosinha02-2

balada-para-acordar-rosinha02-2

balada-para-acordar-rosinha03

balada-para-acordar-rosinha03

canto-funebre-a-etapa-primeira2

canto-funebre-a-etapa-primeira2

bilhetinho-sem-maiores-consequencias

bilhetinho-sem-maiores-consequencias

canto-negro-a-um-homem-do-mundoo2

canto-negro-a-um-homem-do-mundoo2

canto-negro-a-um-homem-do-mundo

canto-negro-a-um-homem-do-mundo

canto-negro-a-um-homem-do-mundooo

canto-negro-a-um-homem-do-mundooo

canto-negro-a-um-homem-do-mundoo

canto-negro-a-um-homem-do-mundoo

capitulo-um

capitulo-um

capitulo-um01

capitulo-um01

cogito

cogito

capitulo-ummm

capitulo-ummm

capitulo-umm

capitulo-umm

capitulo-umm01

capitulo-umm01

conto-negro-para-ser-esquecido

conto-negro-para-ser-esquecido

cogito2

cogito2

da-incompetencia-do-poeta

da-incompetencia-do-poeta

daqui-pra-la-de-la-pra-caa

daqui-pra-la-de-la-pra-caa

daqui-pra-la-de-la-pra-ca

daqui-pra-la-de-la-pra-ca

destino

destino

dia

dia

divagaçao

divagaçao

do-alto-ao-entardecer03

do-alto-ao-entardecer03

do-alto-ao-entardecer02

do-alto-ao-entardecer02

do-alto-ao-entardecer

do-alto-ao-entardecer

do-que-resta-e-do-que-se-faz-preciso

do-que-resta-e-do-que-se-faz-preciso

duvidas

duvidas

edicao-da-manha

edicao-da-manha

em-seguida

em-seguida

elegia-a-coisa-alucinante

elegia-a-coisa-alucinante

elegia-a-coisa-alucinantee

elegia-a-coisa-alucinantee

em-seguidaa

em-seguidaa

estoria

estoria

eusou-como-sou

eusou-como-sou

exoduss

exoduss

exodus

exodus

explicaçao-do-fato

explicaçao-do-fato

explicaçao-do-fatoo

explicaçao-do-fatoo

explicaçao-do-fatooo

explicaçao-do-fatooo

explicaçao-do-fatoooo

explicaçao-do-fatoooo

insonia

insonia

fixacao-do-momento

fixacao-do-momento

gente

gente

isso

isso

lamento-agudo-na-noite

lamento-agudo-na-noite

lamento-agudo-na-noite2

lamento-agudo-na-noite2

nao-eram-os-que-me-sorriam

nao-eram-os-que-me-sorriam

momento

momento

memoria

memoria

nao-havia-coqueiral-01

nao-havia-coqueiral-01

nao-eram-os-que-me-sorriamm

nao-eram-os-que-me-sorriamm

nao-havia-coqueiral-02-1

nao-havia-coqueiral-02-1

nao-havia-coqueiral-02-2

nao-havia-coqueiral-02-2

nao-havia-coqueiral-03-2

nao-havia-coqueiral-03-2

nao-havia-coqueiral-03

nao-havia-coqueiral-03

nao-havia-coqueiral-04

nao-havia-coqueiral-04

nao-havia-coqueiral-04-2

nao-havia-coqueiral-04-2

noticia

noticia

nostalgia

nostalgia

nao-havia-coqueiral-05

nao-havia-coqueiral-05

noticia2

noticia2

noticiaa

noticiaa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-aurora

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-aurora

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraa1

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraa1

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-aurora01

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-aurora01

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaaa1

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaaa1

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaaa

nunca-escorreu-pelo-meu-corpo-e-auroraaaa

o-fato

o-fato

o-momento-da-calçada

o-momento-da-calçada

o-cavaleiroao-rios-de-moura

o-cavaleiroao-rios-de-moura

o-velho

o-velho

odee

odee

ode

ode

poema---o-sinal-fechado-atravesso

poema---o-sinal-fechado-atravesso

os-mortos

os-mortos

panorama-visto-da-ponte

panorama-visto-da-ponte

poema-com-fundo-muito-moralista

poema-com-fundo-muito-moralista

poema-conformista

poema-conformista

poema-conformistaa

poema-conformistaa

poema-da-eterna-divida

poema-da-eterna-divida

poema-da-repentina-saudade

poema-da-repentina-saudade

poema-de-amor-ao-mundo-adotado

poema-de-amor-ao-mundo-adotado

poema-de-amor-ao-mundo-adotado(22)

poema-de-amor-ao-mundo-adotado(22)

poema-de-amor-ao-mundo-adotado(2)

poema-de-amor-ao-mundo-adotado(2)

poema-de-amor-ao-mundo-adotadoo

poema-de-amor-ao-mundo-adotadoo

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---02a

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---02a

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---01

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---01

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---02b

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---02b

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---03

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---03

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---03b

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---03b

poema-desesperado

poema-desesperado

poema-do-aviso-final

poema-do-aviso-final

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---04

poema-de-qurta-feira-de-cinzas---04

poema-essencialmente-noturno

poema-essencialmente-noturno

poema-para-ninar

poema-para-ninar

poema-estatico-para

poema-estatico-para

poema-porque-eh-preciso2

poema-porque-eh-preciso2

poema-para-ninarr

poema-para-ninarr

poema-porque-eh-preciso

poema-porque-eh-preciso

poema-silencioso-dentro-da-noite

poema-silencioso-dentro-da-noite

poema-silencioso-dentro-da-noite(2)

poema-silencioso-dentro-da-noite(2)

poema-silencioso-dentro-da-noite(2b)

poema-silencioso-dentro-da-noite(2b)

poema

poema

poema-silencioso-dentro-da-noite(2c)

poema-silencioso-dentro-da-noite(2c)

poema-silencioso-dentro-da-noitee

poema-silencioso-dentro-da-noitee

poema01

poema01

poema02

poema02

poema2

poema2

poemaaa

poemaaa

poemaa

poemaa

poemaaaa

poemaaaa

poeminha-so-de-brincadeira

poeminha-so-de-brincadeira

posicao-de-ficar

posicao-de-ficar

posto

posto

prefacio02

prefacio02

prefacio

prefacio

postoo

postoo

prefacio03

prefacio03

quebrando-copos

quebrando-copos

relogio-ao-homem-essenciall

relogio-ao-homem-essenciall

relogio-ao-homem-essencial

relogio-ao-homem-essencial

relogio-ao-homem-essencial02

relogio-ao-homem-essencial02

replicacao-do-fato

replicacao-do-fato

sabado-qualquer

sabado-qualquer

stop

stop

soneto-da-contadição-enorme

soneto-da-contadição-enorme

slave-estrela

slave-estrela

um-a-charlie-chaplin

um-a-charlie-chaplin

um-a-charlie-chaplinn

um-a-charlie-chaplinn

um-cidadao-comum

um-cidadao-comum

UM-DIA-DESSES-EU-ME-CASO-COM-VOCÊ

UM-DIA-DESSES-EU-ME-CASO-COM-VOCÊ

torquato_11-(2)

torquato_11-(2)

um_cid_com

um_cid_com

TEXTO-DE-TN---sem-título-,-encarte-folhetim

TEXTO-DE-TN---sem-título-,-encarte-folhetim

Sem_Data-53

Sem_Data-53

Sem_Data-53-(2)

Sem_Data-53-(2)

POESIA7

POESIA7

POESIA2

POESIA2

pos_de_ficar

pos_de_ficar

poema

poema

POESIA1

POESIA1

poema-Torquato---cogito

poema-Torquato---cogito

poema_esse_noturno

poema_esse_noturno

poema_aviso_final

poema_aviso_final

POema-do-Aviso-Final

POema-do-Aviso-Final

poe_sile_dent_noite2

poe_sile_dent_noite2

poe_sile_dent_noite3

poe_sile_dent_noite3

poe_sile_dent_noite1

poe_sile_dent_noite1

poe_quar_fei_cinzas5

poe_quar_fei_cinzas5

poe_quar_fei_cinzas4

poe_quar_fei_cinzas4

poe_quar_fei_cinzas3

poe_quar_fei_cinzas3

poe_quar_fei_cinzas1

poe_quar_fei_cinzas1

poe_quar_fei_cinzas2

poe_quar_fei_cinzas2

poe_est_par

poe_est_par

poe_conformista1

poe_conformista1

poe_desesperado

poe_desesperado

pasta-10020.bmp001.bmp055

pasta-10020.bmp001.bmp055

poe_conformista2

poe_conformista2

pan_vis_ponte

pan_vis_ponte

mosaico-geleia-geral

mosaico-geleia-geral

o_velho

o_velho

p-olho-a-olheira---suplemento-plug

p-olho-a-olheira---suplemento-plug

os_mortos

os_mortos

momento

momento

mao_luva2

mao_luva2

Imagem-0035-OK

Imagem-0035-OK

mao_luva1

mao_luva1

insonia

insonia

LITERATO-CANTABILE

LITERATO-CANTABILE

explicaçao_fato3

explicaçao_fato3

explicaçao_fato1

explicaçao_fato1

fato

fato

explicaçao_fato2

explicaçao_fato2

explicaçao_fato4

explicaçao_fato4

exodo2

exodo2

exodo1

exodo1

eleg_coi_aluc1

eleg_coi_aluc1

crise1

crise1

eleg_coi_aluc2

eleg_coi_aluc2

con_neg_par_ser_esq

con_neg_par_ser_esq

crise2

crise2

CAPA--OS-ULTIMOS-DIAS-DE-PAUPÉRIA-NOVA-EDIÇÃO

CAPA--OS-ULTIMOS-DIAS-DE-PAUPÉRIA-NOVA-EDIÇÃO

Bilhete

Bilhete

COGITO---ESCRITO-À-MÃO

COGITO---ESCRITO-À-MÃO

bil_sem_mai_cons

bil_sem_mai_cons

can_fun_eta_prim

can_fun_eta_prim

apres_coisa2

apres_coisa2

Adesivo-Torquato-Epa01

Adesivo-Torquato-Epa01

a_cha_do_cofre

a_cha_do_cofre

Adesivo-Torquato-Epa03

Adesivo-Torquato-Epa03

A-VIRTUDE..

A-VIRTUDE..

Adesivo-Torquato-Epa02

Adesivo-Torquato-Epa02

apres_coisa1

apres_coisa1

POEMAS VISUAIS

POESIA5

POESIA5

_DSC4428

_DSC4428

fotos-torquato095

fotos-torquato095

_DSC4430

_DSC4430

fotos-torquato106

fotos-torquato106

fotos-torquato094

fotos-torquato094

Inimigo-Medo

Inimigo-Medo

jornal-de-brasília-7-11-82002

jornal-de-brasília-7-11-82002

manuscritos005

manuscritos005

jornal-de-brasília-7-11-82003

jornal-de-brasília-7-11-82003

manuscritos017

manuscritos017

JORNALDEBRASÍLIA-7-11-82-OK

JORNALDEBRASÍLIA-7-11-82-OK

poesia

poesia

POESIA3

POESIA3

POESIA4

POESIA4

POESIA6

POESIA6

PRESENÇA-N2-1971-OK

PRESENÇA-N2-1971-OK

POESIA5

POESIA5

torquatália01

torquatália01

torquatália01002

torquatália01002

torquatália01008

torquatália01008

torquatália01006

torquatália01006

torquatália01012

torquatália01012

torquatália01013

torquatália01013

torquatália01014

torquatália01014

TEXTO MUSICAL

CONSOLAÇÃO

CONSOLAÇÃO

CAPITÃO LAMPIÃO

CAPITÃO LAMPIÃO

CORO_MISTO_FOTOGÊNICO

CORO_MISTO_FOTOGÊNICO

DENTE NO DENTE

DENTE NO DENTE

ANDAR ANDEI

ANDAR ANDEI

DAQUI_PRA_LÁ_DELPA_PRA_CA_1

DAQUI_PRA_LÁ_DELPA_PRA_CA_1

DESTINO

DESTINO

MEU_CHORO_PRA_VOCÊ

MEU_CHORO_PRA_VOCÊ

O BEM, O MAL

O BEM, O MAL

JARDIM DA NOITE

JARDIM DA NOITE

FIQUE SABENDO

FIQUE SABENDO

ESTOU SERENO, ESTOU TRANQUILO

ESTOU SERENO, ESTOU TRANQUILO

O HOMEM QUE DEVE MORRER

O HOMEM QUE DEVE MORRER

O_NOME_DO_MISTÉRIO

O_NOME_DO_MISTÉRIO

QUE TAL

QUE TAL

QUEM DERA

QUEM DERA

RANCHO DA BOA VINDA

RANCHO DA BOA VINDA

TOME NOTA

TOME NOTA

TUDO MUITO AZUL

TUDO MUITO AZUL

UM DIA DEPOIS DO OUTRO

UM DIA DEPOIS DO OUTRO

ORIGINAIS